BARCO VIRA E PESCADOR DESAPARECE NA REPRESA COVAS DA MANDIOCA, EM ESPINOSA; HOMEM CAI DA PONTE E SOME NO RIO VERDE GRANDE, EM JAÍBA

  • Equipes do 6º Pelotão do Corpo de Bombeiros de Janaúba procuram por vítimas desaparecidas no rio, em Jaíba, e na represa, em Espinosa 
  • Queda da ponte no rio Verde Grande, em Jaíba, foi ontem, sábado, dia 14 
  • Barco virou na represa em Espinosa na noite desse sábado, dia 14 

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Equipes do 6º Pelotão do Corpo de Bombeiros de Janaúba estão neste fim de semana realizando buscas no sentido de localizar duas pessoas desaparecidas em rio e represa na região da Serra Geral, no Norte de Minas. Os fatos aconteceram na cidade de Jaíba e no município de Espinosa.No final da noite desse sábado, dia 14 de dezembro, Carlos Gonçalves Amador, de 60 anos, sumiu nas águas da represa Covas da Mandioca. Ele estaria num barco com um amigo e essa embarcação virou. A informação é de que a vítima participava de pescaria no lago da represa que é interligada à barragem de Estreito, também em Espinosa, e responsável por fornecimento de água para municípios mineiros e baianos, já que se encontra na divisa entre os estados de Minas Gerais e Bahia.Desde ontem, sábado, dia 14, mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Janaúba se encontram em Jaíba onde realizam buscas sobre o sumiço de um homem, de 73 anos, que nesse sábado caiu da ponte sobre o rio Verde Grande, na cidade de Jaíba. 
ATUALIZANDO: (15h28), a equipe do 6º Pelotão do Corpo de Bombeiros de Janaúba encontrou neste domingo, dia 15, o corpo de Aidio Freire Jardim, de 63 anos, que se afogou no rio Verde Grande, em Jaíba. O corpo foi encontrado numa distância de aproximada de dois quilômetros do local onde havia caído no rio. A família informou que Aidio tinha epilepsia e pode ter passado mal no momento em que se encontra na ponte motivando a sua queda e desaparecimento no rio.ATUALIZANDO: (11h34) a equipe do 6º Pelotão do Corpo de Bombeiros de Janaúba encontrou nesta segunda-feira, dia 16, o corpo de Carlos Gonçalves Amador, de 60 anos, que se afogou na represa Covas da Mandioca, em Espinosa, na noite de sábado, dia 14, momento em que o barco no qual estava virou. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *